Nova Lima resgata história da colonização por meio do projeto Gastronomia da Imigração

20-02-2018

Compartilhe

Para resgatar as tradições, descobrir novos sabores da culinária nova-limense e fomentar o potencial turístico da cidade, a Prefeitura de Nova Lima lança o projeto Gastronomia da Imigração, que vai dar visibilidade a receitas e pratos típicos das famílias nova-limenses descendentes dos imigrantes que construíram a identidade da cidade. A iniciativa também tem por objetivo colocar em pauta a história da colonização, ainda pouco conhecida. Podem participar do Gastronomia da Imigração descendentes de imigrantes, com comprovação documental, que gostem de cozinhar pratos do país de origem de suas famílias. O cadastramento está aberto até o dia 28 de fevereiro e deve ser feito no Departamento de Turismo (Praça Dr. Antonino Fonseca Junior, nº 08, Centro).

Informações pelo telefone (31) 3581-8423.

 
A ideia é que o Gastronomia da Imigração seja espaço de compartilhamento de conhecimentos no qual serão ministrados cursos com as receitas apresentadas pelos descendentes.

 
Diversas nacionalidades
O povoado que deu origem a Nova Lima foi fundado em 1701 e, por volta de 1725, a exploração de ouro começou a ser feita na Mina de Morro Velho. Em 1834, essa mina foi vendida à empresa inglesa Saint Jonh Del Rey Mining Company e muitos ingleses vieram trabalhar na cidade. A mão de obra utilizada era de escravos e trabalhadores livres brasileiros, além dos ingleses. Outros estrangeiros, de várias nacionalidades, vieram trabalhar em Nova Lima, acompanhando a onda de imigração por causa da extração mineral.

Deixe seu comentário

2014 www.csullagoadosingleses.com.br. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Avenida Princesa Diana, 55
Lagoa dos Ingleses - Nova Lima/MG