CSUL | HISTÓRICO da região

George Chalmers

George Chalmers
1857 - 1924

A região da Lagoa dos Ingleses, desde o século XIX, sempre teve a vocação para atrair grandes empreendedores. Muitos deles visionários, como o engenheiro inglês George Chalmers, que em 1884 assumiu a Superintendência da Saint John Del Rey Mining Company, para transformar a mina de Morro Velho na mais profunda e famosa mina de ouro do mundo.

Nas quatro décadas em que viveu em Minas Gerais, Chalmers desenvolveu uma série de empreendimentos, como usinas hidrelétricas, hospitais e uma linha de bonde eletrificada ligando Nova Lima a Raposos – a primeira da América do Sul. Ele também sonhou em transformar a região da Lagoa dos Ingleses em área habitacional, para abrigar os empregados europeus da Morro Velho – em especial os ingleses, o que explica o nome do mais belo atrativo natural da região.

Embora o engenheiro inglês tenha morrido antes de concretizar esse projeto, com o passar dos anos a vocação da região para atrair empreendimentos imobiliários vai sendo confirmada. Até a década de 80, a maior parte desse território permaneceu sem desenvolvimento, uma vez que seus principais proprietários – a Saint John Del Rey Mining Company, hoje AngloGold Ashanti; e a MBR, agora incorporada pela Vale –, não tinham interesse em explorar riquezas minerais naquela área.

Na década de 1990, esse cenário começou a mudar. O crescimento populacional na Região Metropolitana de Belo Horizonte provocou uma notável valorização dos terrenos na porção Centro-Sul da Capital. A partir daí, Nova Lima passou a atrair uma parcela da população de Belo Horizonte com grande desejo de tranquilidade e qualidade de vida. Iniciou-se, então, uma nova era no perfil de ocupação da região.

A primeira grande mudança veio com a construção de um clube de lazer em uma pequena área as margens da lagoa. O projeto foi idealizado por um banco inglês, que também pretendia desenvolver empreendimentos imobiliários, apostando no potencial de atrair pessoas interessadas em viver perto de belas paisagens.

Mas o primeiro grande empreendimento imobiliário só se concretizou em 1998, com o lançamento do Alphaville Lagoa dos Ingleses. Anos mais tarde, as áreas que não foram ocupadas pelo Alphaville foram vendidas. Entre 2008 e 2010, outros três empreendimentos imobiliários, de menor porte, foram lançados na região.

Em 2013, um grupo de investidores se uniu, adquiriu os terrenos remanescentes das fases I e II do Alphaville, além de uma área de 27 milhões de metros quadrados no entorno da Lagoa dos Ingleses. Para desenvolver o potencial dessa área, esse grupo criou a CSul – Desenvolvimento Urbano, uma empresa que opera a partir do conceito do novo urbanismo, com o objetivo de fazer do vetor Sul da RMBH uma nova alternativa para quem busca novos espaços para morar, trabalhar, se divertir, enfim, para viver com mais qualidade.

2014 www.csullagoadosingleses.com.br. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Avenida Princesa Diana, 55
Lagoa dos Ingleses - Nova Lima/MG